.............................................................................................................................................
A+   A-
Conhecendo sobre o Período da Quaresma

A Quaresma é o tempo litúrgico de conversão,que a IGREJA CATÓLICA APOSTÓLICA ROMANA, marca para preparar os crentes para a grande festa da Páscoa. Durante este período os seus fiéis são “ convidados “ a um período de penitência e meditação,através da prática do jejum, da esmola e da oração.

A Quaresma dura 40 dias. Começa na quarta-feira de Cinzas e termina no Domingo de Ramos. Ao longo deste tempo, sobretudo na liturgia do domingo, fazemos um esforço para recuperar o ritmo e estilo de verdadeiros fiéis que devemos viver como filhos de Deus. A duração da quaresma está baseada no símbolo do número 40 na Bíblia. Nesta, é falada dos quarenta dias do dilúvio, dos quarenta anos de perseguição do povo judeu pelo deserto, dos quarenta dias de Moisés e de Elias na Montanha, dos quarenta dias que JESUS passou no deserto antes de Começar sua vida pública, dos 400 anos que durou o exílio dos Judeus no Egito. Na Bíblia, o número quatro simboliza o universo material, seguido de zeros que significa o tempo de nossa vida na terra, seguido de provações e dificuldades.

A cor litúrgica deste tempo é o roxo ,que significa luto e penitência. É um tempo de reflexão, de penitência, de conversão espiritual ; tempo e preparação para o mistério pascal. Na Quaresma,Cristo nos convida a mudar de vida. A igreja nos convida a viver a Quaresma como um Caminho a Jesus Cristo, escutando a Palavra de Deus, orando , Compartilhando com o próximo e praticando boas obras. Nos convida a viver uma série de atitudes cristãs que nos ajudam a parecer mais com Jesus Cristo,já que por ação do pecado ,nos afastamos mais de Deus. Por isso, a Quaresma é o tempo do perdão e da reconciliação fraterna. Cada dia,durante a vida, devemos retirar de nossos corações o ódio, o rancor, a inveja, os zelos que se opõem a nosso amor a Deus e aos irmãos. Na Quaresma, aprendemos a conhecer e apreciar a Cruz de Jesus. Com isto aprendemos também a tomar nossa cruz com alegria para alcançar a Glória da ressurreição.

Quarta feira de Cinzas

A Quarta feira de Cinzas é o primeiro dia da Quaresma no calendário cristão ocidental. As cinzas que os cristãos católicos Apostólico Romano recebem neste dia é um símbolo para a reflexão sobre o dever da conversão, da mudança de vida, recordando a passageira, transitória,efêmera fragilidade da vida Humana,sujeita à morte . Ela ocorre quarenta dias antes da Páscoa. Ela ocorre quarenta e quatro dias antes da Sexta-feira santa contando os Domingos. Seu posicionamento varia a cada ano,dependendo da data da Páscoa. A data pode variar do começo de Fevereiro até a segunda semana de março.


Obs: A Quarta-Feira de Cinzas cairá nas seguintes datas dos Próximos anos:
2008- 06/02 – 2009-25/02 – 2010-17/02 – 2011- 09/03 – 2012- 22/02 – 2013- 13/02 – 2014 -05/03 – 2015 -18/02 – 2016 – 10/02 – 2017- 01/03 – 2018- 14/02 – 2019 – 06/03.

Alguns cristãos tratam a quarta feira de Cinzas como um dia para se lembrar a mortalidade da própria mortalidade . Missas são realizadas tradicionalmente nesse dia nas quais os participantes são abençoados com cinzas pelo Padre administrando a cerimônia. O Padre Marca a testa de cada celebrante com cinzas, deixando uma marca que os cristão normalmente deixa em sua testa até o por do sol, antes de lavá-la. Esse simbolismo relembra a antiga tradição do Oriente Médio de Jogar cinzas sobre a cabeça como símbolo de arrependimento perante a Deus ( Como relatado diversas vezes na Bíblia ). No Catolicismo Romano é um dia de JEJUM E ABSTINÊNCIA. Como é o primeiro dia da Quaresma ele, ocorre um dia depois da terça-feira gorda ou Mard gras, o último dia da temporada de carnaval. A Igreja Ortodoxa não observa a quarta-feira de Cinzas, começando a Quaresma já na Segunda-feira anterior a ela.
 

O QUE SIGNIFICAM AS CINZAS?

O uso litúrgico das cinzas têm sua origem no Antigo Testamento. As cinzas simbolizam dor, morte e Penitência. Por Exemplo, no livro de Ester,Mardoquel se veste de saco e se cobre de cinzas quando souberam do decreto do Rei Asuer I (Xerces, 485-464 antes de Cristo ) da Pésia que condenou à morte todos os Judeus de seu império. ( Est 4,1 ). Jô ( cuja história foi escrita entre os anos VII e V antes de cristo ) mostrou seu arrependimento vestindo-se de saco e cobrindo-se de Cinzas ( Jô 42,6 ). Daniel ( Cerca de 550 antes de Cristo ) ao profetizar a captura de Jerusalém pela Babilônia, escreveu: “ Volví-me para o Senhor Deus a fim de dirigir-lhe uma oração de Súplica, jejuando e me impondo o cilício e a Cinza” ( Dn 9,3 ). No século V antes de Cristo ,logo depois da pregação de Jonas. O povo de Nínive proclamou um jejum a todos e se vestiram de saco, inclusive o Rei, que de tudo levantou –se de seu trono e sentou sobre cinzas ( Jn 3,5-6 ). Estes exemplos retirados do Antigo testamento demonstram a prática estabelecida de utilizar –se cinzas como símbolo ( Algo que todos compreendiam ) de arrependimento .

O próprio Jesus fez referência ao uso das Cinzas. A respeito daqueles povos que recusavam-se arrepender de seus pecados,apesar de terem visto os milagres e escutado a Boa Nova, Nosso senhor Proferiu: “Ai de ti, Corozaim! Ai de ti, Betsaida! Porquê se tivessem sido feitos em Tiro e em Sidônia os milagres que foram feitos em vosso meio, há muito tempo elas se teriam arrependido sob o cilício e as cinzas. ( Mt 11,21 ). A Igreja ,desde os primeiros tempos,continuou a prática do uso das cinzas com o mesmo simbolismo. Em seu Livro “ de Poenitentia” , Tertuliano ( 160- 220 DC ,Depois de cristo ), prescreveu que um penitente deveria “ viver sem alegria vestido com tecido de saco rude e coberto de cinzas “. O Famoso historiador dos anos da Igreja , Eusébio ( 260 – 340 DC depois de Cristo ), relata em seu Livro A História da Igreja ,como um apóstata de nome Natalis que se apresentou vestido de saco e coberto de cinzas diante do Papa Ceferino, Para suplicar –lhe perdão. Sabe-se que num determinado momento existiu uma prática que consistia impor as cinzas em todos aqueles que deviam fazer penitência pública. As cinzas eram colocadas quando o penitente saía do Confessionário.

Já no período Medieval,por volta do século VIII, aquelas pessoas que estavam para morrer eram deitadas no chão sobre um tecido de saco coberto de cinzas. O Sacerdote Benzia o Moribundo com água benta dizendo-lhe: “ Recorda-te que és pó e em pó te converterás” . Depois de aspergir o moribundo com a água benta, o sacerdote perguntava: “ estas de acordo com o tecido de saco e as cinzas como testemunho de tua penitência diante do Senhor no dia do Juízo ? “ O moribundo então respondia : “ Sim ,estou de acordo”. Se podem apreciar em todos esses exemplos que o simbolismo do tecido de saco e das cinzas serviam para representar os sentimentos de aflição e arrependimento , bem como a intenção de se fazer penitência pelos pecados cometidos contra o senhor e a sua igreja. Com o passar dos tempos o uso das cinzas foi adotado como sinal do início do tempo da Quaresma; o período de preparação de quarenta dias  antes da Páscoa da Ressurreição . o ritual para a Quarta-feira de Cinzas já era parte do Sacramental Gregoriano. As primeiras edições deste sacramental datam do século VII . Na nossa liturgia atual da Quarta-feira de Cinzas, utilizamos cinzas feitas com os ramos de palmas distribuídos no ano anterior no domingo de Ramos . O sacerdote abençoa as cinzas e as impõe na fronte de cada fiel traçando com essas o Sinal da Cruz. Logo em seguida Diz: “ Recorda –te que és pó e em pó te converterás “ ou então “ Arrepende-te e crede no Evangelho”.
Devemos nos preparar para o começo da Quaresma compreendendo o significado profundo das cinzas que recebemos . É um tempo para examinar nossas ações atuais e passadas e lamentarmos –nos profundamente por nossos pecados . Só assim poderemos voltar nossos corações genuinamente para o Nosso Senhor, que sofreu , morreu e ressuscitou pela nossa Salvação.Além do mais esse tempo nos serve para renovar nossas promessas batismais, quando morremos para a vida passada e começamos um vida nova em Cristo.
Finalmente , conscientes que as coisas desse mundo são passageiras, procuremos viver de agora em diante com a firme esperança no futuro e a plenitude do Céu.

Bênção e imposição das Cinzas no início da Quaresma ( Quarta feira de Cinzas )

Aceitando que nos imponham as cinzas, expressamos duas realidades fundamentais:
1- Somos criaturas Mortais: tomar consciência de nossa fragilidade,de inevitável fim de nossa existência terrestre , nos ajuda a avaliar melhor os rumos que compete dar à nossa Vida: “ Você é Pó , e ao Pó voltará” ( Gn 3, 19 ) . Somos chamados.
2- Somos chamados a nos converter ao Evangelho de JESUS e sua proposta do Reino, mudando nossa maneira de ver, pensar ,agir.Muitas comunidades sem Padre assumiram esse rito significativo como abertura da quaresma anual ,realizando-o numa celebração da palavra.
Veja mais embasamentos bíblicos sobre as cinzas através das seguintes passagens: ( Num 19;Hb 9,13 ); como sinal de transitoriedade ( Gn 18, 27; Jô 30,19 ). Como sinal de luto ( 2 Sm 13,19; Sl 102,10; Ap 19,19 ). Como sinal de Penitência ( Dn 9,3; Mt 11, 21 ) . Faça uma pesquisa através de todas estas passagens bíblicas, prestando a atenção ao texto e seu contexto, relacionando com a vida pessoal, comunitária, social e com o rito litúrgico da Quarta feira de Cinzas.

Referências Bibliográficas:
A primeira parte foi traduzida de escrito do Padre Saunders da Paróquia Rainha dos Apóstolos em Alexandria,Virgínia,em 1994.
A Segunda Parte foi obtida do opúsculo Símbolos na Liturgia, Ione Buyst, Paulinas, 1998.

.............................................................................................................................................
Imprimir este ensinamento   | Envie para um amigo
Visualize a liturgia de uma data específica definindo a data abaixo.
Outubro 2018
D S T Q Q S S
  1 2 3 4 5 6
7 8 9 10 11 12 13
14 15 16 17 18 19 20
21 22 23 24 25 26 27
28 29 30 31      
.........................................................................................................
A Igreja celebra hoje:
São Lucas
Se preferir, escolha uma data diferente da atual.
. .