.............................................................................................................................................
Origem

Lançai as vossas redes para pescar!”  Lc 5,4b. Esta ordem de Nosso Senhor Jesus Cristo à  São Pedro, que depois da pesca milagrosa transformou-se em:  “Doravante serás pescador de homens!” Lc 5,10b, foi fielmente observada por este mesmo apóstolo que esteve  em nosso meio que se  chamava  João Paulo II.

Desde o início do seu pontificado, o Papa João Paulo II sempre havia empreendido uma pesca mundial. Desatracando a barca de São Pedro do seu porto seguro na cátedra do Vaticano, levantando a âncora e içando as velas, navegou por todos os mares e visitando todos os homens de todas as raças, em suas próprias realidades e sobre eles lançado a rede da Evangelização.

Dentre todos estes povos, nós, latino-americanos, podemos e devemos louvar a Deus por termo tido o privilégio de ouvir pela primeira vez a renovação daquele antigo mandato de Cristo ao primeiro Papa, feito agora pelo Seu Sumo representante. Foi em nossas terras, no Haiti, ano de 1983, na presença dos Bispos do CELAM (Conferência Episcopal Latino Americano) que João Paulo II apela e convoca todo batizado para uma grande pescaria, como aquela de LC 5, uma pesca realmente milagrosa que faça a barca de Pedro transbordar de novos e grandes peixes. Este inusitado empreendimento denominou Nova Evangelização.

As conclusões da Conferência Episcopal de Santo Domingo delineiam ponto por ponto todos os aspectos e características deste apelo do papa para uma Nova Evangelização. A segunda parte do documento  de Santo Domingo (SD), cujo título principal é “Jesus Cristo Evangelizador vivo em sua Igreja” está subdividida em três capítulos, sendo o primeiro “A Nova Evangelização”.

O início deste capítulo define que: “Toda evangelização parte do mandato de Cristo à seus apóstolos e sucessores, desenvolve-se na comunidade dos batizados, no seio de comunidades vivas que compartilham sua fé” (...). Por esta frase inicial que aqui destacamos e sublinhamos, reconhecemos que para entendermos o que é Evangelização 2000, precisamos entender amplamente o que é a Nova Evangelização que foi proposta pelo Papa João Paulo II, para ser realizada por toda a Igreja.

A Nova Evangelização tem um ponto de partida: (...) ela tem seu ponto de partida na Igreja, na força do Espírito, em contínuo processo de conversão (...) pois, só uma Igreja evangelizada é capaz de evangelizar. (SD 23).

Falar de Nova Evangelização (continua SD 24) é reconhecer que existiu uma antiga ou primeira... não significa que a anterior tenha sido inválida, infrutuosa ou de curta duração... não significa propor um novo Evangelho diferente do primeiro... não quer dizer re-evangelizar... A Nova Evangelização surgiu na América Latina como resposta aos problemas apresentados pela realidade de um Continente no qual se dá um divórcio entre fé e vida... É, antes de tudo, chamado à conversão... um novo Pentecostes... Também é o esforço por inculturar o Evangelho na situação atual das culturas de nosso Continente. 

A Nova Evangeilzação têm um sujeito, uma finalidade, uma tarefa e um conteúdo:

Sujeito: Compreende  todos aqueles que tem por missão evangelizar. Os Bispos em comunhão com o Papa, os presbíteros, os diáconos, os religiosos e  religiosas e todos os homens e mulheres que constituem o Povo de Deus (cf. SD 25).

Finalidade: Formar pessoas e comunidades maduras na fé (SD 26).

Tarefa: Suscitar a adesão pessoal a Jesus Cristo e à Igreja, de tantos homens e mulheres batizados que vivem sem energia o cristianismo       (SD 26).

O Papa explicou como deveria ser esta Nova Evangelização:

Nova em seu ardor: O melhor evangelizador é o santo, aquele que, no Espírito Santo, conformou a sua vida à de Jesus Cristo, o primeiro evangelizador. Por isto tem o mesmo ardor de Cristo. (SD 28).

Nova em seus métodos: Metodologia atual, eficaz, criativa, pedagógica, sob a ação do Espírito Criador (SD 29).

Nova em sua expressão: Uma linguagem próxima das novas realidades culturais de hoje; inculturação.

Portanto, a Nova Evangelização é um chamado, ou mandato, ou apelo  feito pelo Papa João Paulo II, ou do próprio Deus, através do Seu representante para que toda a Igreja lance as redes e pesque para Deus os homens e mulheres desta geração onde quer que se encontrem. Desta forma, a Igreja, com a sua diversidade de carismas, movimentos, manifestações e projetos, procurará atender a este apelo da melhor forma possível.

Dentre todas estas formas, surge o projeto denominado Evangelização 2000. Por quê?

 

- Proporcionalmente, cada dia diminui mais o número de cristãos no mundo;

- Centenas de fiéis evadem-se mensalmente da Igreja Católica;

- A maioria dos leigos não sabe dar razão a sua fé;

- Apesar da comunicação global, milhares de pessoas ainda não ouviram a proclamação evangélica.

Por causa desta realidade, a Igreja no Brasil, através de suas diretrizes convoca o leigo ao seu protagonismo no campo da Evangelização.

O Concílio do Vaticano II, o sínodo sobre os Cristãos Leigos e o ensinamento do Magistério apontam fortemente para um novo perfil de Igreja, aberta à presença ativa dos leigos... Eles são insistentementes chamados a viverem sua vocação e assumirem sua missão, quer na Igreja, quer na sociedade. (Doc. 45 n. 259)

Os Cristão leigos encontram-se ainda despreparados, quer para as atividades na comunidade eclesial, quer para a sua função cristã na sociedade. Eles não tiveram acesso, em número significativo, a uma formação teológica mais sólida, que os habilite a um compromisso eclesial e social mais responsável e competente. (Doc. 45 n. 265)

Cabe-nos acolher o apelo e a orientação de João Paulo II aos Bispos do Brasil, no sentido de que uma prioridade importante e inadiável seja a de formar leigos... (Doc. 45 n. 272)

Quem deve assumir na Igreja a tarefa da evangelização? (...) O desafio para a Igreja hoje está justamente em despertar cada batizado para essa responsabilidade primeira e intransferível. (Doc. 54 n. 102)

A participação dos leigos na Missão é fundamental e necessária (...), porque, por força da graça batismal, estão plenamente habilitados ao exercício da fé na vida. (Doc. 54 n. 304)

Diante deste imperativo, um grupo de leigos decidiu arregaçar as mangas! Sua meta? Colaborar com a Igreja no Brasil, prestando este serviço com amor e diálogo: Evangelização 2000 = Prestação de serviços.

.............................................................................................................................................
Visualize a liturgia de uma data específica definindo a data abaixo.
Agosto 2018
D S T Q Q S S
      1 2 3 4
5 6 7 8 9 10 11
12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25
26 27 28 29 30 31  
.........................................................................................................
A Igreja celebra hoje:
São Pio X
Se preferir, escolha uma data diferente da atual.
. .